Réseau Syndical International de Solidarité et de Luttes


jeudi, 14 novembre 2019

 
 

 

1º de maio : Dia de luta histórica e internacional da classe trabalhadora

Accueil > Union > 1º de maio : Dia de luta histórica e internacional

Todos os anos, no dia 1 de maio, Dia Internacional do Trabalho, destaca a importante referência de mobilizações sociais contra os ataques de governos e capitalismo
.
A história de 1o de maio exige que este seja um dia de mobilizações e reafirmação da luta de classes como o motor que impulsiona mudanças radicais na sociedade em todo o mundo.

Aqueles trabalhadores de Chicago que lutaram e foram reprimidos e assassinados em 1886 merecem muito mais que celebrações. A memória daqueles que caíram na luta contra o capital seria, de fato, reconhecida pela rebelião de 99% da população que vive explorada e oprimida pelo sistema capitalista.

Marcos como a realização do dia de 8 horas após as greves de mais de 100 anos atrás devem encorajar-nos a permanecer convencidos de que a mobilização e as greves são ferramentas úteis para alcançar os direitos da classe trabalhadora.

No mundo inteiro, os trabalhadores enfrentam a precarização, a supressão de direitos conquistados ao longo da história, a falta de serviços públicos de qualidade, a repressão, a miséria, a fome, a impossibilidade de mobilidade diante de governos de extrema direita. , neoliberais racistas, machistas e les-trans-homo-fóbos que constroem muros e elaboram leis discriminatórias contra os mais pobres.

As pessoas mais oprimidas são mortas enquanto as taxas de violência aumentam. Da mesma forma, os movimentos sociais que lutam contra esses ataques são criminalizados e perseguidos.

No dia 1 de maio, vivemos em um contexto de alta polarização da luta de classes. É urgente reafirmar nossas ações, fortalecendo a luta internacionalista.

Nossos inimigos são os mesmos em qualquer lugar do mundo. Contra eles, permaneçamos juntos nas ruas, em escolas, universidades, fábricas, no campo e em espaços públicos, demonstrando nossa disposição de enfrentar os ataques do capital.

Confira os manifestos de 1º de Maio em diversos idiomas :

PDF - 333.4 ko